Buscar
  • wevolt

Ford Kuga foi o híbrido mais vendido no 1º semestre na Europa

FONTE: INSIDE VS

Por Diego Dias


O Ford Kuga (que atende pelo nome Escape nos Estados Unidos) vive um bom momento na Europa, já que ele foi o carro híbrido mais vendido no velho continente no primeiro semestre de 2021. Os dados são da consultoria Jato Dynamics, que mostram também que os veículos “verdes” estão cada vez mais conquistando seu espaço no mercado.

A boa performance do SUV médio foi registrada ao longo de todo o 1º semestre no mercado europeu, com o Kuga Plug-in Hybrid (PHEV) batendo a marca de nada menos do que 6.300 emplacamentos somente no mês de junho – assim superando junto todas as outras versões do modelo (a combustão).


E se somar os meses de abril, maio e junho, o modelo vendeu 16.000 unidades, volume que representa um terço a mais em relação ao segundo colocado. E quando pegamos todas as vendas no acumulado ao longo dos primeiros seis meses deste ano, o Kuga híbrido vendeu o total de 26.259 unidades, contra 23.791 do segundo colocado, o Volvo XC40. Com esses números, o Kuga PHEV foi o híbrido plug-in mais vendido na Europa no 1º semestre.

"Acreditamos fortemente que nossos clientes compram veículos híbridos para se beneficiar das vantagens de dirigir com energia elétrica, e nossos dados mostram que os clientes do Kuga PHEV desejam usar seus carros no modo 100% elétrico o máximo possível", disse Roelant de Waard, gerente geral de veículos de Passeio da Ford Europa. "Estamos comprometidos com um futuro eletrificado para a Ford, e o fato do Kuga ser o PHEV mais vendido mostra que nossos clientes desejam se juntar a nós nessa jornada emocionante."

No mercado europeu como um todo, a Jato Dynamics divulgou que 1.268.683 veículos eletrificados (elétricos, híbridos e híbridos plug-in) foram licenciados no 1º semestre de 2021, com os modelos híbridos plug-in alcançando uma participação de mercado próxima de 8%. Isso prova que os híbridos que podem ser recarregados na tomada (plug-in) são os modelos responsáveis por aumentar a popularidade dos modelos eletrificados no continente.

0 visualização0 comentário